Relacionamento Consistente

Relacionamento Consistente

Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta,
Olhando para Jesus, autor e consumador da fé… Hebreus 12:1-2a

No texto acima, o autor nos fala sobre correr com perseverança, deixando implícita a ideia de que essa não é uma corrida rasa, de 100m, ela é longa. Algumas corridas podem durar a vida toda, como é o caso do relacionamento conjugal e também da nossa vida espiritual. Nesses casos, a consistência vale bem mais que a intensidade.

Podemos fazer uma analogia com o exercício físico. Quando alguém vai pela primeira vez em uma academia, não percebe diferença alguma na aparência do seu corpo. Alguns desanimam em pouco tempo, por não perceberem mudanças significativas. Contudo, aqueles que perseveram percebem mudanças corporais nítidas e ainda recebem como prêmio uma boa saúde física.

Casamento também é assim: uma atitude amorosa ou uma palavra de carinho podem não ter efeito aparente algum. Todavia, se atitudes que valorizam o outro são tomadas de forma consistente por um longo tempo, o relacionamento será mais belo e saudável.

Não se trata de intensidade, mas de consistência. A pessoa que deseja malhar não pode passar 1 mês sem ir à academia e depois tentar tirar a diferença em 1 dia. Ao invés de mais vigor físico, ela possivelmente vai adquirir uma lesão. Da mesma forma, não adianta passar o ano criticando ou tratando o cônjuge com rispidez e querer resolver isso com uma viagem de férias bem cara. A falta de consistência no dia a dia poderá levar a algumas ‘’lesões’’ no relacionamento durante a viagem.

Da mesma forma, devemos também buscar consistência na nossa vida espiritual. Leitura bíblica constante, orações regulares e a comunhão do corpo de Cristo promovem saúde espiritual. Essas coisas não podem ser trocadas por um retiro de um fim de semana, assim como escovações dentais diárias não podem ser trocadas por uma visita semestral a um dentista. O dentista será importante, desde que haja regularidade no cuidado com os dentes. O retiro espiritual pode ser um importante complemento, mas jamais pode substituir uma consistente comunhão com Deus no dia a dia.

Ficam então aqui esses dois desafios:

Construam um relacionamento consistente, valorizando e demonstrando carinho nas pequenas coisas do dia a dia, de forma perseverante, a fim de colherem uma relação conjugal saudável.

Busquem também consistência espiritual, com regularidade nas orações, na leitura bíblica, na participação das atividades da igreja e na comunhão com irmãos em Cristo, visando uma vida espiritual saudável e uma profunda comunhão com Deus.

Carinhosamente,

Pr. Hosit Quadros

compartilhar

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *