Silêncio, Deus está agindo!

Silêncio, Deus está agindo!

Salmos 62 “1-Em silêncio diante de Deus, minha alma espera, pois dele vem minha vitória. 5-Que minha alma espere em silêncio diante de Deus, pois nele está minha esperança”.

Em época onde é difícil achar um local onde se tenha ausência do som, pois somos cercados por motores, máquinas, ondas sonoras. Em época onde vitoriosos são os que falam e não os que se calam o salmista fala de um lugar onde a vitória e a esperança vem de uma atitude de ESPERA SILENCIOSA.

Hoje possuímos recursos para resolver muitas questões e problemas, sempre temos resposta para tudo e todos. Mas todos nós já nos encontramos em situações onde consultamos nosso banco de dados e a informação não estava lá, onde, a resposta não estava lá onde, a solução não estava lá. Momentos onde naturalmente somos levados a perguntar: “Meu Deus! E agora?”

Nos dois versículos ele trata do assunto da espera silenciosa diante de Deus, sendo que no verso 1 é uma afirmação da posição que ele está (em espera silenciosa diante de Deus) e no verso 5, é um convite, uma exortação a não deixar este lugar (que minha alma espere em silêncio diante de Deus), pois somente dEle vem a minha esperança.

Não tem como fugirmos que esta atitude (espera silenciosa diante de Deus) passa por nossa vontade e desejo intenso em que Deus trabalhe em nós e através de nós. Mesmo em momentos de medo e desespero onde não temos o entendimento completo da situação a qual estamos passando. Mas é neste lugar, com esta postura que devemos estar até que possamos assim como o jovem profeta falar: “fala Senhor porque o teu servo ouve”.

Esta vontade de estar em silencio diante do Rei, não é um gesto de fraqueza, não é um gesto de passividade, não é um gesto de indiferença ao caos, isso mostra uma fé baseada em Rocha inabalável e certeza de um Deus que está acima das circunstâncias.

Devemos calar as vozes dentro de nós que murmuram, que duvidam, que reclamam da decepção. Temos que tapar nossos ouvidos de ruídos que nos impedem de ouvir, ruídos dos desejos e inclinações que satisfazem a carne mas não nos permite ouvir Deus. Temos que ter o silêncio na mente, esvaziar a mente de preocupações e ansiedades do que ainda não aconteceu, viver a dor que ainda não chegou e provavelmente não chegará, sofrer a doença que não existe e provavelmente não virá. Tudo isso são ruídos, são barulhos, alguns parecem canções doces e agradáveis, mas na verdade são barulhos que nos impedem de estar diante de Deus em espera silenciosa até que ele haja em nosso favor.

Se nossa alma estiver cheia de ruído e barulho Sua voz provavelmente não será ouvida.

O silêncio da alma diante de Deus não é mera passividade. É atitude de fé mesmo que a sua volta esteja acontecendo muitas coisas, ainda assim você continua esperando nEle.

Fale para vozes que gritam em seus ouvidos: minha alma espera silenciosamente em Deus!!!

Fale para seu coração e sua mente que desafiam sua fé: minha alma espera silenciosamente em Deus!!!

Com esta atitude você ouvirá a voz branda, suave trazendo paz a sua guerra, trazendo alegria a sua tristeza, trazendo direção para o barco a deriva, trazendo palavra de vida para sua situação de imobilidade. “ESPERE SILENCOISAMENTE EM DEUS!!!

compartilhar

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *