ESTUDO 2 – Os Servos do Reino

ESTUDO 2 - Os Servos do Reino
por

TEMA: A VIDA DE UM DISCÍPULO DE CRISTO

ESTUDO 2 – OS SERVOS DO REINO
TEXTO BASE – Lc 17:7-10

INTRODUÇÃO:

Quando Jesus narrou esta história acerca de um homem que teria convidado um escravo para sentar à mesa, os discípulos entenderam muito bem e sabiam que isso seria impossível de acontecer pelos direitos que tinha um escravo (nenhum!), portanto, mesmo que essa palavra escravo não soe bem aos nossos ouvidos, é isso que somos, escravos de Cristo. Paulo havia entendido exatamente o que significava isso:

“Pois nenhum de nós vive apenas para si, e nenhum de nós morre apenas para si. Se vivemos, vivemos para o Senhor; e, se morremos, morremos para o Senhor. Assim, quer vivamos, quer morramos, pertencemos ao Senhor. Por esta razão Cristo morreu e voltou a viver, para ser Senhor de vivos e de mortos”. Rm 14:7-9

ENTENDENDO MAIS SOBRE A NOSSA POSIÇÃO DE SERVO SEGUNDO A PALAVRA

  • Sabemos que Jesus morreu pelos nossos pecados, mas isso é apenas uma parte da história. O motivo pelo qual Jesus morreu e ressuscitou é apontado da seguinte forma pelo apóstolo Paulo: Jesus morreu para tornar-se Senhor de todos nós, escravos. E sem nenhuma metáfora teológica, antes, pelo contrário, como muita clareza na exposição da Palavra, nos diz:

E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. II Co 5:15

  • Paulo (Rm 1:1), Timóteo (Fl 1:1), Tiago (Tg 1:1), Pedro (II Pe 1:1), Judas (Jd 1:1) e até Maria (Lc 1:38), denominavam-se servos do Senhor Jesus. A verdade por trás dessas declarações, é que antes éramos escravos do pecado, mas agora somos escravos de Jesus. Uma vez libertos da escravidão do pecado, fomos feitos escravos da justiça!

Vocês foram libertados do pecado e tornaram-se escravos da justiça. Falo isso em termos humanos por causa das suas limitações humanas. Assim como vocês ofereceram os membros dos seus corpos em escravidão à impureza e à maldade que leva à maldade, ofereçam-nos agora em escravidão à justiça que leva à santidade. Quando vocês eram escravos do pecado, estavam livres da justiça. Rm 6:18-20

O SERVO É LIBERTO DAS TREVAS PARA O DOMÍNIO DE CRISTO

  • Nós vivíamos no pecado no grau que desejávamos e isso não fazia a menor diferença para nós, éramos escravos do pecado, logo, praticávamos todo tipo de imundícia com fidelidade ao outro rei, mas a salvação entrou em nossa vida. E o que é realmente a salvação? É a ação de ser retirado do domínio das trevas e ser colocado em Cristo.

Pois Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o Reino do Filho do Seu amor (Cl 1:13).

  • Ficamos libertos do domínio de satanás e passamos a ser dominados por Jesus Cristo (troca de senhor!). Passamos da morte para a vida. Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida. Jo 5:24 – e o testemunho daqueles que passaram da morte para a vida, que mudaram de um reino para outro é o seguinte:

“Antes de eu encontrar Jesus, eu dirigia a minha própria vida, mas depois que o conheci, é Ele quem governa”.

A PORTA DE ENTRADA PARA SER UM SERVO DE DEUS É A MORTE

  • Só existe uma porta de entrada no Reino de Deus! O único modo de libertar-se do cativeiro é pela morte do velho homem e um novo nascimento espiritual. O Reino de Deus não aceita cidadãos naturalizados, tem que nascer no Reino de Deus. Por isso Jesus disse que era necessário que nascêssemos de novo.

Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no Reino de Deus. Jo 3:3,5

  • Qualquer escravo que olhar para a cruz, tem permissão para considerar a morte de Jesus como sua morte. Só assim o escravo morre e satanás não tem mais controle sobre ele. Morremos para um reino e nascemos sob o domínio de outro, o Reino de Cristo, do Rei dos reis, do Senhor dos senhores.

Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Cl 3:3

PARA O SERVO DE DEUS SÓ EXISTE UM CAMINHO

  • Algumas pessoas pensam que existem três caminhos, três portas. Existe um caminho largo, que é o caminho dos pecadores destinados ao inferno. Existe um caminho estreito destinados àqueles que dedicam sua vida a Jesus. E existe um caminho que nem é largo e nem é estreito, é o caminho do meio! Certamente este caminho não é encontrado nas Escrituras, mas é o caminho que muitos estão vivendo como realidade em suas vidas, embora não admitam que esse caminho leva à morte.

Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem. Mt 7:13,14

O BATISMO E O DIA A DIA NO REINO

  • O batismo é muito importante, é o início do caminho em direção a Deus, é o primeiro passo que uma pessoa dá para dizer que agora nasceu de novo, que pertence ao Reino de Deus. A imersão nas águas, simboliza a morte e o sepultamento do velho homem, e sua saída, simboliza que está nascendo de novo no Reino de Deus. Glórias a Deus por essa ordenança!

Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”. Mt 28:18-20

  • Os servos do Reino de Deus são desafiados cada dia a caminhar buscando conhecimento da Palavra para viver segundo o testemunho daquele que veio para servir, o nosso Senhor Jesus Cristo. O conhecimento leva a prática saudável da Palavra e a prática gera vida e essa vida vem com promessa de uma vida abundante.

Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; Os 6:3

Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. II Pe 3:18

[…] eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. Jo 10:10b

PARA REFLETIR:

  • Você ainda tem dúvida sobre o novo nascimento e batismo?
  • Ficou claro a questão dos dois reinos, das duas portas e dos dois caminhos?
  • A profundidade com que Paulo trata sobre o escravo de Cristo altera seu entendimento?
  • Qual a dificuldade que você encontra para caminhar crescendo no conhecimento de Cristo?

O Discípulo, Juan Carlos Ortiz

compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *